• Mariana Pires (MTB 14286)

PL quer estimular o uso de energia solar em hospitais do Estado


A pandemia do Coronavírus evidenciou a inegável necessidade de instrumentalizar e fortalecer os hospitais públicos e filantrópicos, que, em sua grande maioria, passam por dificuldades financeiras para manutenção de suas respectivas estruturas, sendo os custos mensais com energia elétrica umas das maiores despesas dessas instituições.


Diante disso, o deputado Luiz Marenco apresentou o Projeto de Lei 289/2021, determinando que o Executivo Estadual promova o desenvolvimento de medidas e políticas públicas para viabilizar a implantação de painéis fotovoltaicos nos hospitais que prestam atendimento pelo Sistema Único de Saúde. “Entendo que o Estado tem obrigação de viabilizar a sustentabilidade ambiental e econômica dessas entidades que prestam um serviço indispensável ao povo gaúcho. No momento em que as casas de saúde economizarem com a energia elétrica, sobrarão mais recursos para a compra de medicamentos, equipamentos e, principalmente, na valorização dos profissionais de saúde, a exemplo dos enfermeiros que estão na luta por um piso salarial”, ressalta Marenco.


Além da questão da redução de custos a médio e longo prazo, a utilização de energia solar também se revela uma alternativa eficiente em casos de uma eventual falta de energia nas UTIs, centros cirúrgicos e prontos-socorros. Outra vantagem da adoção desse sistema está no fato de ser uma energia não-poluente, sustentável e renovável. Considerando-se que os hospitais são, em geral, grandes edifícios que apresentam expressivo consumo de energia para atender a demanda de todos seus processos e procedimentos no decorrer 24 horas por dia, a utilização de painéis fotovoltaicos representa uma atitude também ecologicamente inteligente.


Vale ressaltar que a proposta também autoriza o Poder Executivo a firmar convênios com municípios gaúchos e empresas privadas para garantir implementação da lei.

16 visualizações0 comentário