• Mariana Pires (MTB 14286)

Projeto visa declarar o Festival da Barranca bem integrante do patrimônio cultural imaterial do RS



Na tarde de ontem, eu meu colega pedetista Eduardo Loureiro protocolamos o projeto de lei que declara o Festival da Barranca como bem integrante do patrimônio cultural imaterial do Rio Grande do Sul.

O festival, que acontece desde 1972, é, desde que surgiu, uma das principais referências culturais da música nativista do Rio Grande do Sul e sul-americana. Convergem para São Borja durante o evento, sempre na Semana Santa e às margens do rio Uruguai, alguns dos principais expoentes na área – compositores e intérpretes -, transformando o encontro em balizador da vertente musical sulina e dos festivais de música nativa.

A Barranca já é reconhecida como patrimônio cultural imaterial de São Borja e agora deve ter o merecido reconhecimento também em âmbito estadual. O projeto conta com avaliação prévia do IPHAE.

6 visualizações0 comentário